Usuarios On-line







sábado, 14 de janeiro de 2023

Morre famoso compositor aos 78 anos no Rio de Janeiro



Morre Carlos Colla aos 78 anos (Foto: Reprodução/Instagram)

O compositor, produtor musical e cantor Carlos Colla faleceu na manhã desta sexta-feira (13), aos 78 anos, no Rio de Janeiro. Ele que estava internado no hospital Copa Star, em Copacabana, foi submetido a uma cirurgia para tratar dois aneurismas na aorta abdominal. O músico morreu após uma parada cardiorrespiratória, segundo filho dele, Carlos Colla Jr.

“Você lutou muito e eu vi de perto! Obrigado por me dar a vida. Você foi muito mais que o Carlos Colla que conheceram. Foi nosso pai e nosso ídolo! Te admiro muito e agradeço a Deus por ter tido você aqui. Vai com Deus e descansa. Te amo sempre”, afirmou o filho do músico”, escreveu Jr em seu perfil na rede social.


Daniela Colla, também filha do compositor, lamentou e fez uma homenagem: “Pai, você sempre foi meu herói, minha inspiração, um exemplo de fortaleza e determinação. O compositor da minha vida, um contador e cantador de histórias. Te amo infinita e eternamente. Que você descanse em paz e que no palco da eternidade Deus te receba com muita luz. Te amo”, disse Daniela, em uma rede social.

Mais sobre Carlos Colla

Colla nasceu no dia em agosto de 1944, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Porém, ele passou  parte da infância e adolescência na cidade de Teresópolis, na Região Serrana. Já na década de 60, ele passou a viver no Rio de Janeiro, onde cursou Direito.

10 anos depois, ele começou sua carreira artística, onde começou como guitarrista da banda O Grupo. Depois de uma apresentação no Canecão, ele foi apresentado ao cantor e compositor Roberto Carlos. Ele pediu uma música para o Rei e, em troca, Roberto pediu uma música também. Dessa forma, Colla e o parceiro Maurício Duboc compuseram duas músicas: “A namorada” e “Negra”, que foram gravadas pelo cantor nos anos de 1971 e 1972.

Entre os nomes que deram voz às composições de Colla estão Alcione, Chitãozinho e Xororó, Bruno e Marrone, Leonardo, Daniel, Matogrosso e Mathias, Chrystian e Ralf, Sandy e Junior e Ricky Vallen