Usuarios On-line







quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

Cidades no Cariri terão taxa do lixo para gerir lixões


Duas empresas receberam o direito de explorar uma central regionalizada de resíduos que tem um aterro sanitário e um centro de triagem para os lixões a céu aberto da região do Cariri. Para administrar os locais, as empresas passarão a cobrar uma taxa de R$ 12,00 de 9 cidades.


Foto: Reprodução/Pexels

De acordo com as informações, as cobranças virão na conta de água da população e começarão a ser cobradas em menos de dois anos. Entre os municípios estão Altaneira, Barbalha, Caririaçu, Crato, Farias Brito, Jardim, Nova Olinda, Missão Velha e Santana do Cariri.

Juazeiro do Norte, que tem a maior quantidade de resíduos a céu aberto, não está na lista de cidades inclusas no aterro. As autoridades afirmam que a tarifa será regulada pela Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) e já foi aprovada por todas as câmaras municipais.

O objetivo principal é dar fim a diferentes pontos de lixo que podem estar prejudicando a população. De acordo com empresários envolvidos no projeto, um lixão chega a contaminar 34 km de distância de sua localização, por exemplo.