Usuarios On-line







terça-feira, 9 de janeiro de 2024

Pastor destrói imagem da Padroeira com machado durante pregação



Na cidade de Tamaulipas, México, um pastor da Igreja Batista Monte Sión gerou controvérsias ao destruir duas imagens religiosas diante de seus fiéis. O incidente, que envolveu a destruição da representação da Virgem de Guadalupe, padroeira do México para os católicos, e uma imagem associada à “Santa Muerte”, foi registrado durante um evento religioso, causando um impacto significativo nas redes sociais.

Este ato reacende memórias de eventos passados, incluindo a situação ocorrida em 1995, quando o bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Sérgio Von Helder, chutou uma imagem da padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida, durante um programa televisivo ao vivo.

O incidente recente no México despertou uma intensa discussão e indignação online, gerando repercussões sobre a liberdade religiosa e respeito às crenças alheias. Os comentários e opiniões divergentes sobre o comportamento do pastor continuam a alimentar debates acalorados nas plataformas digitais.

Fonte: 180 Graus