Usuarios On-line







quarta-feira, 6 de dezembro de 2023

Chapada do Araripe pode se tornar Patrimônio da Humanidade



A Chapada do Araripe, caracterizada por suas riqueza paisagísticas, fica localizada em três Estados brasileiros: Ceará, Piauí e Pernambuco – (Foto: Ascom/Secult)

Localizada nos Estados do Ceará, Piauí e Pernambuco, a Chapada do Araripe pode se tornar Patrimônio da Humanidade. Nesta quarta-feira (06/12), a Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados vai debater a possibilidade de conceder o título.

Liderada pelo deputado federal Luiz Gastão (PSD-CE), a audiência pública será pautada na defesa da inscrição da Chapada na lista de locais brasileiros candidatos ao título da Unesco. 

Na visão do parlamentar, o local merece o reconhecimento devido a riqueza paisagística, ambiental e arqueológica. “Trata-se de um patrimônio material e imaterial de valor excepcional, com características únicas no mundo, que merece ser preservado e reconhecido internacionalmente”, diz.

É válido destacar que para fazer jus ao título de Patrimônio da Humanidade, uma localidade precisa comprovar que concilia harmonicamente beleza natural e intervenção humana.

Riqueza e formação

Chapada do Araripe fica na região do Cariri, possui 178 km de extensão e está a mil metros de altitude. A região abriga nove sítios paleontológicos com alto nível de preservação. O espaço conta com uma variedade de fósseis de espécies como dinossauros, pterossauros, peixes e insetos.

O incentivo à essa titulação deve incrementar na visitação da Chapada. O local possui diversas nascentes, cachoeiras e trilhas, que atraem milhares de turistas. Esses percursos são conhecidos por terem sido feitos por antigas comunidades indígenas Cariri e até pelos cangaceiros na época de Lampião