Usuarios On-line







segunda-feira, 4 de dezembro de 2023

Bolsonaro poderá receber título de Cidadão de Fortaleza



De iniciativa do vereador de Fortaleza, Julierme Sena, o projeto pretende conceder uma das maiores honrarias da capital a Bolsonaro. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Uma proposta do vereador Julierme Sena (União Brasil) pretende conceder o Título De Cidadão Fortalezense ao ex-presidente Jair Bolsonaro. O Projeto será votado pela Câmara Municipal. Se aprovado, a honraria será entregue em 2024.

Em sua justificativa, o parlamentar da capital cearense argumenta que Jair Bolsonaro teve grande importância e valor para a sociedade local. Entre os pontos que reforçam o seu posicionamento, o vereador cita o número de beneficiados pelo Auxílio Emergencial, repasse financeiro que amenizou os impactos gerados pela pandemia da Covid-19.

“Nossa cidade foi palco de recepções marcantes ao ex-presidente. Bolsonaro incrementou o Auxílio Emergencial, medida que beneficiou cerca de 747 mil fortalezenses. Além disso, finalizou obras paradas, como a duplicação da BR-22 e as obras do Anel Viário”, explanou.

Em 2022, o vereador foi responsável pelo projeto que concedeu o Título de Cidadão de Fortaleza à uma figura da ala da Direita. Através de uma iniciativa de Julierme Sena, Gilson Machado, ministro do Turismo do governo Bolsonaro, foi contemplado.

Relembre

Essa será mais uma tentativa de conceder a Bolsonaro um Título de Cidadão em solo cearense. Em 2018, a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece) rejeitou um Projeto de Lei que tinha essa intenção. De autoria do, na época, deputado estadual Ely Aguiar, o projeto foi arquivado após deputados do PDT retiraram suas assinaturas. A ação veio após uma orientação da presidência nacional do partido.

Como Ely Aguiar não foi reeleito, o projeto não voltou à pauta da Assembleia Legislativa nos anos seguintes. Outro parlamentar poderia levantar a pauta. No entanto, a ala de Esquerda e Centro-Esquerda continuaria a ter uma quantidade suficiente de votos para rejeitar um novo projeto de mesma intenção.