Usuarios On-line







sexta-feira, 17 de novembro de 2023

UMA MULHER MORRE A CADA 24 HORAS DURANTE A PRIMEIRA QUINZENA DE NOVEMBRO NO CEARÁ



Segundo números oficiais levantados pelo Jornal do Ceará, captados na Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por intermédio da Gerência de Estatística e Geoprocessamento (GEESP/SUPESP), a cada 24 horas, uma mulher morreu no Ceará durante a primeira quinzena do mês de novembro.

No total, ocorreram 16 mortes de mulheres no estado.

*Os casos foram registrados nos seguintes municípios:*

Fortaleza (7), Caucaia (2), Cascavel, Icó, Baturité, Senador Pompeu, Maracanaú, Guaiúba e Maranguape. Durante o mesmo período, ao todo, 124 pessoas foram assassinadas em novembro.

Uma das mulheres mortas neste mês foi uma menina de apenas 9 anos. Lara Sofia Cassiano morreu durante um tiroteio em uma festa de aniversário, em Guaiúba, no sábado (11). Um outro caso de destaque foi o assassinato de uma mulher grávida, na madrugada da última terça-feira (14). A vítima, de 17 anos, foi morta a tiros no distrito de Amanari, zona rural do município de Maranguape. Além dela, três homens foram executados na mesma ocorrência.

O cenário de violência assusta as mulheres cearenses,Neste ano, até essa terça-feira (14), 234 pessoas do sexo feminino tiveram sua vida ceifada no Ceará