Usuarios On-line







quarta-feira, 29 de novembro de 2023

STJD aceita recurso e Cruzeiro vai jogar com torcida


O Cruzeiro recebe o Athletico-PR na próxima quinta-feira (30), no Estádio Mineirão, com portões abertos ao público, o que não ocorria desde o último dia 16, quando o clube foi punido preventivamente pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Nesta terça (28), no entanto, o STJD aceitou parcialmente o pedido de recurso feito pelos clubes, solicitando a reconsideração da proibição da presença de torcida nos estádios.


Foto: Divulgação

Cruzeiro e Curitiba recorreram da punição preliminar após o STJD adiar para a próxima segunda (4) o julgamento dos incidentes na Vila Capanema no último dia 11, pela 34ª rodada do Brasileirão. Inicialmente, o julgamento ocorreria na última segunda (27).

Na decisão de hoje (28), o vice-presidente do STJD Felipe Bevilacqua “manteve a interdição nos lugares destinados às torcidas organizadas, sendo pelo Coritiba o anel inferior no Couto Pereira e pelo Cruzeiro o setor denominado amarelo no Mineirão”. 

O despacho reitera ainda que segue proibida o “ingresso/presença/permanência de torcidas organizadas do Curitiba, Império Alviverde e Mancha Alviverde e do Cruzeiro, Máfia Azul e Pavilhão Independente concernente na responsabilidade das equipes Requerentes de não permitir o ingresso de qualquer indivíduo que esteja trajando vestimentas, equipamentos, acessórios e outros, com referência às torcidas citadas”.

No último dia 11, nos minutos finais do duelo contra o Inter na Vila Capanema, Robson marcou o gol da vitória do Coxa. Logo depois, torcedores pularam o alambrado, invadiram o gramado e deram início a uma briga generalizada, que só foi contida após a intervenção da Polícia. A partida ficou interrompida durante 30 minutos e depois foi retomada até o apito final, sete minutos depois.