Usuarios On-line







segunda-feira, 6 de novembro de 2023

“Papai” morto a pedradas em Crato na manhã desta segunda-feira

 

Uma semana depois e novo homicídio foi registrado em Crato. Por volta das 07h30min desta segunda-feira foi encontrado o corpo do calceteiro Luiz Fernando Amaro da Silva, de 24 anos, o “Papai”. Ele residia na Travessa Caloré (Bairro Barro Branco) e apresentava hematomas estando ao lado de pedras sujas de sangue num terreno baldio não tão distante do Minha Casa Minha Vida, onde morava. Ele tinha sido preso com espingarda e mais duas pessoas numa moto no dia 6 de março de 2018 após suposta tentativa de assalto, conforme denúncia do Ministério Público.

Este foi o primeiro assassinato do mês de novembro em Crato e o 36º do ano ou 80% em relação aos 45 registrados no decorrer do ano passado. O último tinha acontecido no dia 29 de outubro quando Fernando Edson Araújo de Menezes, de 21 anos, que residia na Rua José Siebra de Oliveira (Multirão), foi morto a tiros dentro de um carro em frente à sua casa. Ele respondia procedimentos por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e assaltos.

FONTE-MISERIA