Usuarios On-line







sexta-feira, 3 de novembro de 2023

Ataque contra comboio de ambulâncias deixa vários mortos, diz Ministério da Saúde de Gaza


O Ministério da Saúde em Gaza, controlado pelo Hamas, disse que dezenas de palestinos foram mortos e feridos nesta sexta-feira (3) em um ataque contra um comboio de ambulâncias. Os veículos haviam deixado o hospital Al-Shifa, na Cidade de Gaza.


Foto: Reprodução/ Twitter


O porta-voz da pasta, Ashraf Al-Qudra, disse que vítimas gravemente feridas precisam ser transferidas de forma urgente da Cidade de Gaza para o sul do território palestino e, de lá, para o Egito.
Em um vídeo da AFPTV no local, pode-se ver diversos corpos e pessoas feridas ao lado de uma ambulância danificada. As imagens também mostram civis carregando feridos ensanguentados. Outras pessoas estão deitadas no chão, possivelmente lançadas contra carros estacionados na beira da estrada pela força da explosão.


Em um comunicado emitido horas após as explosões, as Forças de Defesa de Israel confirmaram a autoria do ataque, ressaltando que o centro de Gaza é uma “zona de batalha” e que os civis ali presentes devem evacuar o local em direção ao sul do território. “Uma aeronave das FDI atingiu uma ambulância que foi identificada pelas forças como sendo usada por uma célula terrorista do Hamas nas proximidades de sua posição na zona de batalha”, diz o comunicado. “Temos informações que demonstram que o método de operação do Hamas consiste em transferir agentes terroristas e armas em ambulâncias.”
O grupo islamita, por sua vez, negou veementemente que esteja “travando uma guerra a partir de hospitais”, como acusou o exército israelense em 27 de outubro.