Usuarios On-line







terça-feira, 28 de novembro de 2023

Após evitar linchamento de suspeito de estupro, sargento é morto por tiro acidental


Na noite desta segunda-feira (27), um sargento da Polícia Militar do Ceará foi a óbito após ser atingido por um tiro na cabeça disparado acidentalmente por outro policial durante a prisão de Francisco Denys, suspeito de estupro em São Bendito, no interior do Ceará.

Agentes tentavam evitar o linchamento de um suspeito de estupro quando o 1º sargento da Polícia Militar Roberto da Silva Almeida, de 50 anos, foi atingido.