Usuarios On-line





quinta-feira, 27 de abril de 2023

Já na cadeia de Juazeiro frentista que matou técnica em enfermagem em Missão Velha e tentou suicídio

 

O frentista Gleydson Alves Antão, de 40 anos, recebeu alta nesta quarta-feira e trocou o Hospital Regional do Cariri (HRC) pela cadeia pública de Juazeiro. Por volta das 11 horas da última terça-feira (25) ele matou a golpes de faca sua ex-namorada e técnica em enfermagem Maria Tereza Xavier Maia, de 35 anos. O crime aconteceu na Avenida Brasília no centro de Missão Velha, onde ela morava. Gleydson tentava em vão reatar o namoro com a profissional da área de saúde.

Logo depois, o mesmo se auto esfaqueou e foi socorrido pelo SAMU ao Hospital Geral de Missão Velha de onde terminou transferido ao HRC. Enquanto esteve na unidade de saúde, o frentista permaneceu sob escolta armada. Agora, o Delegado de Missão Velha, José Ronaldo Leite, vai pedir à justiça a conversão do Auto de Prisão em Flagrante de Gleydson em Prisão Preventiva. Nas próximas horas, ele será ouvido pelo delegado sobre o crime de feminicídio. O mesmo não possuía antecedentes criminais.

FONTE-MISERIA