Usuarios On-line







quarta-feira, 18 de janeiro de 2023

Produção de motocicletas tem alta de 18,2% em 2022


O segmento de motocicletas segue em recuperação após tempos difíceis. O ano passado terminou com 1,36 milhão de unidades emplacadas, um crescimento de 17,7% na comparação com 2021. As vendas foram as melhores desde 2014, de acordo com os dados da Fenabrave (associação dos distribuidores de veículos).

Já a produção cresceu 18,2% em 2022 em comparação ao ano anterior. Segundo a Abraciclo, que reúne as fabricantes de motos, foram montadas 1,41 milhão de unidades entre janeiro e dezembro.


Foto: Reprodução

Os bons números de agora ajudam a contornar problemas que começaram bem antes da pandemia de Covid-19. Após o recorde de produção registrado em 2011, quando 2,14 milhões de unidades saíram das fábricas, seguiu-se um longo período de queda, que se estendeu até 2017.

No período de baixa, as crises políticas e econômicas se somaram às restrições no financiamento. O fator crédito afastou consumidores, principalmente nos segmentos das motos com valores mais em conta. Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, diz que o momento atual é bem diferente.

“Certamente o crédito não é uma preocupação prioritária agora”, diz o executivo. “As instituições que operam em nosso mercado estão disputando os consumidores, e essa disputa deve continuar mais acirrada.”