Usuarios On-line







terça-feira, 3 de janeiro de 2023

Preso por morte de garota no Ceará ‘torceu’ para que ela fosse achada durante buscas



O homem de 20 anos, suspeito de participação na morte da jovem Itamara Eny de Freitas, 19 anos, encontrada morta em Morrinhos, no interior do Ceará, nesta segunda-feira (2), ajudou os familiares da vítima nas buscas e compartilhou uma mensagem de apoio antes da polícia descobrir o envolvimento dele no crime.

“Se Deus quiser, você vai chegar em casa bem”, publicou o suspeito em uma postagem acompanhada de matérias que falavam sobre o desaparecimento da vítima.

Itamara desapareceu no último sábado (31), após ser abordada por outro homem no local de trabalho. Câmeras de segurança de um estabelecimento registraram o momento em que um dos suspeitos do crime chegou a pé no local, entrou no escritório e, minutos depois, saiu com ela (veja abaixo). O homem deixou o local sendo levado pela jovem na garupa da moto dela.

O vizinho e um homem de 35 anos, que aparece nas imagens foram presos nesta segunda-feira. Eles não tiveram a identidade informada.

‘Paixão obsessiva’


Segundo a irmã de Itamara, Raquel Bruna, o cúmplice tinha relação próxima com a família. “O cúmplice vivia na nossa casa. Era nosso vizinho”, declarou.

Ela disse ainda que a irmã não possuía relacionamento com nenhum dos suspeitos e acredita que o crime pode ter sido motivado por uma paixão não correspondida que o vizinho tinha pela jovem.

“Paixão obsessiva por ela, mas nunca demonstrou e não aceitava o fato que ela ia se casar”, falou a irmã de Itamara.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que a Polícia Militar deteve, na tarde desta segunda-feira, os dois suspeitos. O corpo da jovem foi localizado em um terreno no Distrito de Bom Princípio, em Morrinhos, durante as buscas realizadas na região por equipes da PM e do Corpo de Bombeiros.

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foi acionada e colheu indícios que auxiliarão nas investigações.

 

Foto: G1