Usuarios On-line







terça-feira, 10 de janeiro de 2023

Mourinho recusou proposta para comandar seleção brasileira



O técnico português José Mourinho, de 59 anos, teria recusado uma proposta para treinar a seleção brasileira masculina de futebol. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pelo canal Sky Sports Italia. Anteriormente, o treinador da Roma teria negado também uma oferta para dirigir Portugal, que anunciou o espanhol Roberto Martínez.

Segundo a publicação, Ronaldo Fenômeno atuou nos bastidores para convencer Mourinho a treinar o Brasil, mas não conseguiu demover o técnico da ideia de seguir na Roma, clube com o qual tem contrato até 2024. Na última semana, o ex-jogador Carlos Alberto, que conquistou a Liga dos Campeões com o Porto sob o comando do treinador, afirmou que o português seria o próximo comandante da seleção.

"Eu não deveria dizer isso, mas vou te dar uma informação: talvez Mourinho seja o próximo técnico do Brasil. Não sei dizer de onde vem essa notícia, mas ele me pediu para ser seu assistente", disse Carlos Alberto ao podcast Mundo GV.

Além da Liga dos Campeões conquistada com o Porto, Mourinho também ergueu a taça com a Inter de Milão, em 2010. O treinador também foi bicampeão da Liga Europa com a equipe portuguesa, em 2003, e com o Manchester United em 2017. Na última temporada, se sagrou campeão da primeira edição da Liga Conferência, com a Roma.

Os rumores sobre quem será o próximo técnico da seleção brasileira aumentam a cada semana. Em novembro, a CBF afirmou que o substituto de Tite seria anunciado neste mês de janeiro e que o processo de escolha não cederia à pressões. O presidente Ednaldo Rodrigues garante manter total sigilo na negociação.

Tite deixa o cargo após seis anos no comando técnico da seleção brasileira. Nesse período, disputou duas Copas do Mundo, em 2018 e 2022 - eliminado nas quartas de final para Bélgica e Croácia, respectivamente. Conquistou uma Copa América, em 2019, e um vice-campeonato, em 2021, diante da Argentina