Usuarios On-line







segunda-feira, 2 de janeiro de 2023



02 de Janeiro de Crato-CE 

DAVID como jovem negro conhecia muito bem as mazelas do racismo estrutural da sociedade brasileira. Ele carregava consigo o sentimento de sempre estar bem, de lutar mais do que outros para se igualar e jamais demonstrar fraqueza. Como jovem gay ele passou pelo processo que muitos LGBTs passam na sua descoberta e aceitação, dentro e fora de casa e como morador de periferia em Crato-CE ele sabia que a caminhada era difícil, pois as políticas públicas educacionais e da saúde, bem como as de saneamento e de urbanização demoram ou quase não chegam à periferia.

A Violência Urbana precisa ser combativa urgente em nosso estado    em especial na Região do Cariri,  que vive um verdadeiro extermínio da juventude Negra e LGBT  

Associação Cearense de Diversidade e Inclusão  ACEDI