Usuarios On-line







quinta-feira, 29 de dezembro de 2022

Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, aceita convite de Lula para Ministério da Previdência



O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, confirmou em suas redes sociais que aceitou o convite do presidente eleito Lula (PT) para assumir o Ministério da Previdência. “Acabo de receber a missão do presidente Lula”, destacou.

“Muito honrado em poder ajudar na reconstrução do Brasil. Vamos à luta!”, enfatizou o presidente da sigla de Ciro Gomes. Importante destacar que Lupi e o deputado federal cearense André Figueiredo, líder do partido na Câmara dos Deputados, estiveram em várias reuniões com o petista. “O presidente manifestou um desejo de contar conosco do PDT e, obviamente, deixamos claro que o nosso apoio no segundo turno contra Bolsonaro (PL) independia de qualquer cargo no futuro”, explicou André na época.

“Entretanto, anunciamos também, de forma pragmática, que estamos pronto para ajudar. E Lula reconheceu isso, visto que adotou algumas propostas programadas por Ciro em seu plano de governo”, disse.

“E é importante lembrar que, além de nossa antiga aliança, Carlos Lupi sempre foi lembrado por Lula justamente por sua amizade pessoal. Isso faz com que ele nos queira por perto”, lembrou.

Havia especulações, no entanto, de acordo com a equipe de transição do petista, que Lupi iria assumir o Ministério do Trabalho, uma vez que já comandou a função em governos anteriores. Exatamente por isso, segundo André, que o PDT não desejava esse cargo.

“O Ministério do Trabalho não é a nossa prioridade. Podemos contribuir de outra forma. Lupi já assumiu essa função, ele já contribuiu com essa pasta. E, agora, ele quer outra coisa”, apontou Figueiredo quando perguntado sobre a veracidade dos boatos.