Usuarios On-line







quarta-feira, 21 de dezembro de 2022

Greve dos aeronautas chega ao terceiro dia ainda sem acordo


Nesta quarta-feira, 21, foi registrado o terceiro dia de paralisação de comissários de bordo e pilotos em diversos aeroportos do Brasil. A greve às vésperas do Natal tem causado atrasos e cancelamentos de voos. Até o momento, não houve consenso quanto às demandas da classe.


Foto: Reprodução/Pexels

De acordo com o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), hoje foram registrados movimentos  em Congonhas (São Paulo), Guarulhos (SP), Galeão, Santos Dumont (ambos no Rio), Viracopos (Campinas), Porto Alegre, Fortaleza, Brasília e Confins (Belo Horizonte).

É válido lembrar que os funcionários estão solicitando reajuste baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor e ganho real acima da inflação de 5%. Além disso, os manifestantes também pedem  manutenção da convenção coletiva da categoria e a definição de horários de veto para alterações em folgas.

O presidente do SNA acusa as empresas de estarem sendo intransigentes. Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias afirmou que as empresas têm trabalhado para dar assistência aos passageiros e disse que as companhias passam por momentos difíceis devido o aumento de custos no querosene de aviação e o impacto financeiro da pandemia.

No último domingo, o SNEA apresentou proposta de recomposição de perdas da inflação e um ganho real de 0,5%, além da autorização para tripulantes venderem voluntariamente as folgas, o que foi negado pelos aeronautas.