Usuarios On-line







segunda-feira, 26 de dezembro de 2022

Em 2022, pela primeira vez, dólar ficou mais caro que o euro


O ano de 2022 marca o aniversário de 20 anos da criação da moeda euro, que circula dentro dos países que fazem parte da União Europeia. Neste ano, contudo, pela primeira vez o dólar americano ficou mais caro do que o dinheiro de parte da Europa.


Foto: Reprodução/Pexels

Em julho deste ano, ambas as moedas atingiram igualdade de valores, o que é histórico, uma vez que o euro sempre valeu alguns centavos a mais. No mês seguinte, em agosto, o euro foi cotado por menos de 1 dólar. É importante destacar que tal alteração é influenciada por diversos fatores como a Guerra da Ucrânia, que gerou incertezas e inflação.

Nos Estados Unidos, o Banco Central iniciou uma alta nos juros, atraindo investimentos estrangeiros e fortalecendo a moeda nacional. O Banco Central Europeu, por sua vez, demorou a mexer nos juros. Somente em outubro o BCE resolveu subir os juros e ajudou a moeda a se recuperar.

A partir de novembro, a moeda europeia se estabilizou e passou a valer 1,03 dólar. Se no Natal de 2020, o euro valia em torno de 1,20, neste ano, a cotação sugere valores em torno de 1,06. Para 2023, o BCE deve continuar subindo taxas para conter a inflação. “Com base na informação que temos hoje, há previsão de outro aumento de 50 pontos base na nossa próxima reunião, e possivelmente na depois daquela, e possivelmente depois também”, disse a presidente Cristine Lagarde.