Usuarios On-line







terça-feira, 20 de dezembro de 2022

Chuva causa mortes, deixa carros submersos e bloqueia rodovias de SC



A chuva que atinge Santa Catarina nesta terça-feira (20) deixou duas pessoas mortas e causou prejuízos em diversas regiões. Rodovias federais e estaduais também foram interditadas por conta de deslizamentos de terra, instabilidade do solo e chance de queda de barreira. Carros ficaram submersos.

O governo estadual não havia divulgado um balanço com o número de desalojados e desabrigados até as 8h15. No entanto, Camboriú, Balneário Camboriú, no Litoral Norte, e Palhoça, na Grande Florianópolis, montaram abrigos para receber a população que precisou sair de casa.

Mortos

Duas mulheres, de 18 e 17 anos, morreram vítimas de um soterramento em Camboriú nesta madrugada. De acordo com o município, as vítimas eram irmãs e a ocorrência foi registrada no bairro Jardim Aliança.

A irmã caçula das vítimas, 9 anos, foi levada para a um hospital com ferimentos. Até as 8h15, não havia informações sobre como aconteceu o soterramento.

Rodovias federais

Em Palhoça, o trânsito segue bastante lento, principalmente na BR-101, perto do Morro dos Cavalos, onde o trecho foi bloqueado. A decisão da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da concessionária que administra a rodovia se deu pelo risco alto de deslizamentos.

  • BR-280: (Serra do Corupá) liberada apenas para veículos leves;
  • BR-101: KM 138 sentido Sul (Morro do Boi, Balneário Camboriú) totalmente interditada;
  • BR-101: KM 232 (Morro dos Cavalos, Palhoça) totalmente interditada nos sentidos Sul e Norte;
  • BR 282: (Águas Mornas) – interdição parcial.


Rodovias estaduais em Florianópolis

  • SC-401: Pontos de alagamento, deslizamento e bloqueios em trechos da via principal e marginal;
  • SC-405: alagamentos em diversos trechos.

Em Balneário Camboriú, alguns motoristas que passaram pela Avenida Atlântica, usaram a faixa de areia da Praia Central como escape para fugir de alagamentos provocados pelas fortes chuvas que atingiram a cidade na noite de segunda-feira (19).

Orientações da Defesa Civil

A Defesa Civil estadual faz orientações sobre cuidados a serem tomados em caso de alagamentos e deslizamentos. Confira abaixo.

Em caso de alagamentos:

  • Evite contato com as águas;
  • Não dirija em áreas alagadas;
  • Evite pontilhões e pontes submersas;
  • Redobre atenção com as crianças.

Fique atento a:

  • Inclinação de postes e árvores;
  • Movimento de terra ou encostas próximo à sua residência;
  • Rachaduras em muros ou paredes.

Em caso de tempestades com ventos fortes e raios:

  • Busque um local abrigado, longe de árvores, placas, postes e outros objetos que possam ser arremessados;
  • Fique longe de janelas;
  • Se estiver na praia, jamais fique na água.

FONTE: G1