Usuarios On-line





segunda-feira, 12 de setembro de 2022

Apesar de redução, Ceará é o quarto estado com mais focos de incêndio neste ano


Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) referentes ao período entre janeiro e setembro de 2022, o Ceará apresentou uma redução de 56% nos focos de incêndio em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2021 foram 722, enquanto neste ano foram 311.

Apesar da diminuição, o Estado é o quarto do Nordeste com mais focos de queimadas em 2022. O maior número foi registrado no Maranhão, com 9.197 focos. Fechando o pódio estão Piauí e Bahia com, respectivamente, 3.613 e 3.516 focos.


Foto: Honório Barbosa

De acordo com o INPE, os dados referentes ao Ceará representam o menor índice desde 2017, quando foi registrado o total de 328 pontos de queimadas. Segundo o chefe do ICMBio Araripe, Carlos Augusto Alencar, a região atingida pelo incêndio é reduzida quando há a diminuição dos pontos de calor, o que pode ser justificado pela quadra chuvosa positiva deste ano.

Conforme o secretário de Meio Ambiente, Artur Bruno, o resultado positivo deve ser comemorado, mas ainda é preciso ficar atento principalmente neste segundo semestre. “Nós temos nos preocupado principalmente com as Unidades de Conservação. Nós criamos desde o ano passado uma Brigada de Incêndio para atuar na prevenção e no combate. Outro trabalho fundamental, eu diria até mais importante, é o trabalho de educação ambiental”, explica.