Usuarios On-line






domingo, 7 de julho de 2024

Piauí agora quer o dobro da área em disputa com o Ceará



O Estado do Piauí emitiu uma nota e defendeu a tese de que a resolução do conflito não deve se basear em fatores subjetivos. Na imagem em questão, a sede de Guaraciaba do Norte. O município seria um dos mais afetados, em caso de decisão favorável ao Piauí – (Foto: Prefeitura Municipal de Guaraciaba do Norte)

Após a perícia feita pelo Exército Brasileiro, a disputa entre Ceará e Piauí ganhou um novo desfecho no impasse territorial. Segundo o parecer do estudo, não é possível estabelecer uma divisão exata entre os dois Estados. De acordo com Luiz Carlos Mourão, coordenador do Comitê de Estudos de Limites e Divisas Territoriais, o levantamento do Exército dá parecer favorável ao Ceará. Nesse contexto,  Mourão afirma que o relatório aponta indícios de que a parte da Serra da Ibiapaba envolvida no litígio é pertencente ao Ceará.

Para solucionar esse impasse, o Exército sugeriu cinco possibilidades de pontos limite dos territórios. Com base no documento, o Piauí emitiu uma nota técnica afirmando ter direito a mais que o dobro, com sete sedes municipais. A título de contexto, o Piauí move essa ação desde 2011, alegando que uma área de 2.817,4 km² foi indevidamente ocupada pelo Ceará ao longo dos anos. Nessa área em questão, vivem 25 mil moradores em 13 municípios.