Usuarios On-line






terça-feira, 2 de julho de 2024

Homem é preso com 1500 comprimidos que tem efeito colateral para aborto; destino seria Tianguá



Na tarde de hoje (01), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um total de 1000 ampolas de Durateston e 150 cartelas de comprimidos Cytotec, dentre outros medicamentos em menor quantidade, sendo transportados de maneira ilegal na BR-343, em Piripiri (PI). Os medicamentos, que possuem venda controlada, estavam embalados e acondicionados no banco traseiro de um Volkswagen UP. O condutor do veículo, um homem de 51 anos, foi preso em flagrante.

A ação ocorreu durante uma ronda da PRF, na qual os agentes flagraram o veículo realizando uma conversão irregular. Ao abordarem o automóvel, a fim de identificar o condutor e realizar a autuação, foi solicitada a documentação do veículo e do motorista, momento em que ele se identificou como representante comercial de medicamentos.

Ato contínuo, ao ser realizada a vistoria do veículo, observou-se que no banco traseiro havia diversas cartelas de comprimidos dispostos fora da caixa, embalados de forma incomum, bem como ampolas de outra substância. Dessa forma, a equipe pediu ao condutor que comprovasse a origem lícita dos medicamentos, mas nesse momento o homem afirmou que eles não possuíam nota fiscal.

No decorrer da ocorrência, o condutor do veículo afirmou que adquiriu os medicamentos em Teresina (PI) e que o destino das ampolas de Durateston era Piripiri (PI) e o restante dos remédios (150 cartelas de comprimidos Cytotec, ao total 1500 comprimidos; 90 comprimidos de oxalato de escitalopram; 90 comprimidos de lorazepan) iria para Tianguá (CE).

Diante da situação, o condutor foi encaminhado à Polícia Civil de Piripiri (PI) para adoção dos procedimentos legais cabíveis e responderá, em princípio, por tráfico de drogas. Tanto a carga apreendida quanto o veículo também foram encaminhados e estão à disposição das autoridades competentes.

Fonte: Gov.br