Usuarios On-line






domingo, 11 de dezembro de 2022

Fórum entra com ação contra a CBF por maus-tratos de gato na Copa



A polêmica retirada de um gato de uma coletiva de imprensa da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar foi além das críticas e dos memes pela internet. O Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal entrou com uma ação judicial contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por suposto caso de maus-tratos.

Veja as imagens

Na quarta-feira (7/12), o gato “invadiu” a coletiva da seleção. A presença inusitada do bichano na mesa de entrevistas roubou as atenções e os holofotes. No entanto, a forma como a assessoria da CBF despertou indignação pelas redes sociais. Durante a “expulsão”, o animal foi segurado pelas costas e jogado ao chão.

Segundo o Fórum Nacional, após análise das imagens, a cena configura caso de maus-tratos. Por isso, a instituição ajuizou uma ação civil púbica contra a CBF por dano moral coletivo. A peça solicita retratação pública e o pagamento de multa de R$ 1 milhão. O dinheiro será investido no Fundo de Meio Ambiente da União.

“Esse lamentável fato foi filmado e transmitido ao mundo ao vivo além de configurar maus-tratos a animal se constituiu em um péssimo exemplo para as pessoas. Manchou a imagem do nosso País diante de todo o mundo, em que uma plateia atônita foi obrigada a assistir essa triste cena”, pontuou a advogada do Fórum Nacional, Ana Paula Vasconcelos.

Neste sábado (10/12) é celebrado o Dia Internacional do Direito dos Animais. O Metrópoles entrevistou a médica veterinária da clínica Gaia Medicina Veterinária Integrativa, Laura Garutti, para entender se o felino poderia ter se machucado ou não com a conduta do assessor da CBF. Segundo a profissional, a técnica é “totalmente contraindicada”.

Outro lado
O Metrópoles tentou contato com a CBF sobre o episódio. O espaço permanece aberto para eventuais manifestações da instituição.

 

Fonte: Metrópoles