Usuarios On-line






quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

Em 12 dias cinco pessoas são mortas a tiros e seis ficam feridas na cidade de Groaíras; violência assusta moradores



Crimes violentos assusta os moradores da pequena cidade de Groaíras, na região Norte do Ceará, em um período de 12 dias cinco pessoas foram mortas e tiros e seis ficaram feridas em ações de criminosos que atuam no município.

A primeira ocorrência foi registrada na noite do dia 24 de novembro, quando um casal que estava sentado na calçada de casa, foi abordado por homens armados com arma de fogo, que atiraram contra as vítimas. O mototaxista Paulo Henrique e sua esposa Vitória, foram socorridos e levados a Santa Casa de Sobral, ambos não resistiram ao ferimentos e morreram na unidade hospitalar.

Na manhã do dia 25 de novembro Jandiael Melo Maciel, 20 anos, foi morto com diversos tiros na cabeça, a vítima também foi abordada por dois homens que estavam em uma motocicleta.

A mais recente ação dos criminosos ocorreu na noite desta segunda-feira (5), quando um grupo de pessoas estava em um bar no centro da cidade, comemorando a vitória do jogo da seleção brasileira, homens armados chegaram ao local e efetuaram diversos disparos matando pai e filho e ferindo outras seis pessoas. Segundo a Polícia Militar o vigilante Paulo César morreu no local do crime e seu filho Lucas de 15 anos, ainda chegou a ser socorrido ao hospital local, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar, as outras seis pessoas foram transferidas para a Santa Casa de Sobral.

Moradores estão assustados com a onda de violência na cidade e pedem providências as autoridades, “venho através desse portal pedir encarecidamente que as autoridades maiores de Groaíras, prefeito e vereadores tomem uma providência, pois nossa cidade clama por paz, muita morte, muita violência e até agora a gente não vê uma providência tomada da parte do prefeito. Queremos senhor prefeito que você vá à Fortaleza e peça ajuda, peça reforço, pois nossa cidade era tão pacata, tranquila e hoje está nessa violência”, disse um morador da cidade.

A Policia Civil investiga os crimes e se há algum tipo de ligação entre os criminosos, a motivação ainda é desconhecida.